Introdução ao Blog

Li em algum lugar que ter sucesso é aceitar o risco de ser humilhado na tentativa de se ter sucesso. E talvez não só uma, mas várias vezes…adorei esta frase.

Eu já tentei o sucesso em várias frentes. Tentei ser professor de capoeira, jogador de futebol, surfista, esquiador na neve, campeão de futevolei, só para ficar no campo dos esportes. Não cheguei a ser humilhado nestas tentativas mas sucesso mesmo…não rolou.

Depois tentei ser hoteleiro, gerente de parque de diversão, de boliche, de nightclub, de restaurante temático, dono de restaurante na praia, na cidade, de buffet, de loja de sanduíches, de centros de convenções. Também tentei ser consultor, diretor de fórum de negócios, de shows, de cirque du soleil. Alguns chamam isso de carreira.

Mais recentemente me aventurei com um canal de culinária no youtube e comecei a escrever alguns posts, sem grandes pretensões, para o blog do Rooftop 5. Quando você começa a “se publicar” o perigo da humilhação começa a se aproximar. Surgem comentários legais, do tipo: nossa, como você escreve bem, cara, escreve mais. E outros do tipo: quem foi mesmo que disse que você sabe escrever/cozinhar/filmar/whatever?

E li também em algum lugar (hoje inclusive) que tem 2 maneiras de ser um aluno nota 5. Tem aquele que é mais ou menos em tudo, que sempre tira 5, portanto sua média é 5. E tem aquele que tenta de tudo, que se joga em algumas matérias e tira 10 e se lambuza todo em outras e tira 0. Sua média final acaba ficando em…5. Eu me orgulho de achar que sempre fui um 5 do segundo tipo. E estou até hoje buscando as matérias nas quais me jogar de cabeça para conseguir um 10.

Minha próxima aventura é um blog, só meu, onde vou escrever sobre….sei lá, o que pintar na cabeça; sobre coisas que eu acredito que possam ser úteis para as minhas 3 filhas, para algum amigo. Se não for útil para ninguém, não ficarei chateado. Descobri que escrever me faz bem, me ajuda a organizar o pensamento. Assim como o canal de culinária me ajuda a organizar minhas receitas.

Se o blog tiver 1 milhão de acessos, um monte de gente se inscrevendo para receber os posts no email, eu vou ficar muito feliz. Se não tiver, me contento com a nota 5. E mesmo se me lambuzar, não será a primeira vez.